• Nathan França

A magnificência e suficiência das Escrituras


A pergunta número 3 do Catecismo Maior de Westminster é a seguinte: “Que é a Palavra de Deus?” A resposta é: “As Escrituras Sagradas, o Antigo e o Novo Testamentos, são a Palavra de Deus, a única regra de fé e de prática” (2Tm 3.16; 1Pe 1.19,21; Gl 1.8,9).


Pense em alguma coisa de primeira necessidade: algo que você jamais deixaria de levar em uma viagem, ou que você sempre gosta de dar de presente, ou ainda que gosta de recomendar pra todo mundo por ser muito importante pra você. Em que você pensou?


Imagino que você tenha pensado na Bíblia. Ela é o que há de mais importante. Ela constitui o mapa perfeito para a vida e é o presente mais valioso que poderíamos receber. Nela conhecemos Deus e consequentemente a nós mesmos. Ela é o nosso manual de fé, pois nos fala a respeito do que Deus em Cristo realizou em nosso favor, e é também o nosso manual de conduta, pois nos orienta em como na prática podemos viver de um modo que agrade a Deus.


As técnicas de persuasão estão cada vez mais avançadas. Os homens são vulneráveis àqueles que astuciosamente usam a voz e o texto para ganhar suas mentes e corações. Porém, nós devemos nos fechar para tudo quanto estiver aquém ou além do que aprendemos nas Escrituras. Elas são absolutamente suficientes para nos tornar perfeitos e perfeitamente habilitados para toda boa obra.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo